MENU

Esse site em outro país/região:

Blog da Microsoft Brasil

Robocop_660
14/02/2014

Obrigado pela sua cooperação: RoboCop e o futuro da busca

Uma das coisas mais bacanas sobre tecnologia – a busca em particular – é a oportunidade de constantemente explorar para onde o mundo está indo. Ao analisarmos as tendências atuais e sonharmos com as inovações que virão à luz nos próximos anos, muito dessas ideias se parece com ficção científica. Dessa forma, fez todo o sentido quando a Sony Pictures nos pediu para apresentar um conceito para a busca em um futuro não muito distante a fim de apresentá-lo no próximo filme RoboCop.

RoboCop_01

É claro, todos nós aqui na Microsoft éramos grandes fãs do personagem RoboCop original. E estamos animados em fazer parte do projeto. Uma vez que o filme é ambientado em 2028 (e não, diga, 3028), a equipe procurou uma visão do Bing que fosse fiel à história e às inovações que estão no horizonte, mas que continuassem muito bem baseadas na realidade de hoje.

De “2001: Uma odisseia no espaço” até “Minority Report”, há um longo precedente de visões incríveis de como a tecnologia se parecerá no futuro. A Microsoft está trabalhando para resolver alguns problemas muito difíceis relacionados a reconhecimento de voz, reconhecimento de imagem, displays dimensionais e outros “inputs naturais de usuário”, como gestos e “eye gaze”. No entanto, algumas das maiores soluções em busca são menos visíveis, como o entendimento das intenções das pessoas e a redução da desordem nos resultados de busca que sabemos que distraem o usuário. Sabíamos que não queríamos fazer algo exagerado, como um mecanismo de busca 3D holográfico que distrairia a audiência, tirando-a da narrativa do filme. Dessa forma, decidimos começar de forma simples, usando os elementos do Bing atual.

Nosso primeiro esboço tinha essa aparência:

RoboCop_02

Ao aproveitar o trabalho de reconhecimento de voz que lançamos para o Bing no Xbox e o Windows Phone nessa visão de busca, um personagem pode falar de forma natural e receber instantaneamente resultados relevantes e precisos. Nós também precisávamos transmitir milhões de resultados sem sobrecarregar a tela com uma enxurrada de links. A solução foi ter elementos em contínua rolagem, com os resultados de busca sendo atualizados de forma dinâmica. Também vislumbramos uma tela 3D com os elementos mais importantes em primeiro plano. Como sabemos que dados digitais continuarão a crescer em taxa exponencial, solicitamos que os resultados de busca tabulados fossem constantemente atualizados à medida que novas informações chegassem. Aqui está uma amostra de onde chegamos:

RoboCop_03

RoboCop_04

RoboCop_05

Para nós, esse foi um projeto divertido de se trabalhar e esperamos que você se divirta com o filme. Muito obrigado pela sua cooperação.

- Dan Saimo, Phil Rogan, Britt Hansing , Michael Bray e Dale Ahn, Visual Team, Bing Studios

<< voltar