ADAM Robô se prepara para representar o Brasil na final da Imagine Cup 2018

Share

imaginecup_vencedores2018

Por Beatriz Fontes //

Começa a contagem regressiva para a final mundial da Imagine Cup 2018! Se nós já estamos ansiosos, imagine a equipe do ADAM Robô, vencedora do primeiro lugar da etapa latino-americana e única representante do Brasil na competição. E representar a camisa canarinho na Copa da Imaginação é muita responsabilidade: em 2015, trouxemos a taça para casa com o projeto Clothes for me. Mesmo assim, Gustavo Leonato e Juliano Santos, as mentes por trás do robô amigo da visão, estão confiantes.

A confiança não veio em excesso. Mesmo faltando menos de um mês para o evento, a dupla está fazendo os últimos ajustes no robô que vai para Seattle com eles identificar problemas visuais, como miopia e astigmatismo, mais rápido e mais barato do quem em processos tradicionais. “Nos antecipamos muito, essa versão estava prevista para 2019. A gente fez um esforço extra para [ficar pronto para] a Imagine Cup, mas sabemos que podemos sempre apresentar algo melhor”, explica Juliano. Também vai ser preciso quebrar a barreira linguística, e eles estão treinando o inglês para valer.

Mas, mesmo com a Imagine Cup no horizonte, o ADAM robô e seus criadores não param! Além de continuar trabalhando normalmente, a equipe formada no Paraná está bastante empenhada em ações para sua missão: evitar a cegueira no mundo. No último dia 12, começaram uma campanha de engajamento para que as pessoas mandem vídeos de apoio à causa. “A prefeitura de Curitiba também está engajada em passar para a população essa preocupação”, afirmou Juliano.

Na semana anterior, o amigo da visão participou das Olimpíadas do Conhecimento. Gustavo contou que “foram nove dias com o ADAM. Muitas crianças passaram por lá, quase 50 mil visitantes”. Não muito antes, fizeram outra ação em Curitiba: no atendimento a 144 crianças, encontraram um índice de problemas visuais de 45%. Agora, elas já estão passando pelos tratamentos e os óculos estão sendo produzidos.

Haja força de vontade para fazer tudo isso! E, ao explicar de onde vem tanta motivação para tocar esse projeto, por enquanto, sem grande apoio, Juliano conta: “quando fazemos um teste, descobrimos muitas histórias que nos emocionam, principalmente casos de crianças. Às vezes, um mau desenvolvimento na escola, outros problemas… E a gente consegue mudar a trajetória de vida da pessoa. É o que nos motiva a trabalhar todo dia.”

E é para mudar essas trajetórias que Gustavo e Juliano têm o desejo de tornar o ADAM mais conhecido no Brasil. O robô surgiu para combater e evitar a cegueira no planeta e, agora que ele existe, falta levá-lo mundo afora.

“A Copa do Mundo já acabou, mas a da Imaginação está rolando e a final é logo mais. A gente quer que as pessoas se engajem conosco para que possamos levar saúde visual para o mundo”, conclui Gustavo.

A etapa final da competição acontecerá entre os dias 23 e 25 de julho e você poderá acompanhar ao vivo no dia 25 pelo site da Imagine Cup, a partir das 13h (horário de Brasília).

No alto, da direita para a esquerda, os integrantes da equipe do ADAM Robô ao vencer a etapa latino-americana da Imagine Cup 2018. 

Share