Conheça nossos programas de apoio à educação e ao empreendedorismo

A Microsoft tem um compromisso sério com o desenvolvimento e a competitividade do Brasil, onde está há 26 anos. Nosso principal foco de atuação é o apoio à educação e o estímulo ao empreendedorismo, porque acreditamos que ambos são os alicerces para o desenvolvimento do país.

Implementamos um conjunto de programas e iniciativas que acompanham toda a jornada empreendedora, desde o apoio à qualidade de ensino e a capacitação de crianças e jovens em tecnologia ao estímulo para a criação de ideias inovadoras e a geração e desenvolvimento de startups.

Nossos programas de apoio à educação e ao empreendedorismo podem impactar positivamente a vida das pessoas, desde o momento em que se desperta na criança o interesse pelo conhecimento na área da tecnologia até a sua maturidade profissional.

A seguir, você pode conferir cada um desses programas e parcerias e descobrir qual o pode fazer a diferença na sua vida.

empreender_1

#EuPossoProgramar – Incentivo ao aprendizado de programação

A campanha #EuPossoProgramar estimula crianças e jovens de 12 a 25 anos a fazerem cursos gratuitos de programação, com o objetivo de gerar oportunidades de inclusão digital, empregabilidade e incentivar o empreendedorismo. Disponibiliza videoaulas e tutoriais gratuitos de games, como Minecraft e Angry Birds, e da animação Frozen online, e participa da campanha A Hora do Código, da Code.org. Na 1ª edição, em 2014, mais de 600 mil jovens brasileiros se inscreveram e, na América Latina, foram 2 milhões. Aprender a programar estimula o raciocínio lógico, a habilidade na resolução de problemas e a criatividade.

Shape the Future – Software para escolas públicas

Permite que as secretarias de educação dos estados e municípios brasileiros comprem software Microsoft por um preço diferenciado. Foram firmadas parcerias com os estados de Pernambuco, Goiás, Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo e diversas cidades. Só o governo de Goiás beneficiou cerca de 150 mil alunos e 2,3 mil professores da rede pública estadual com netbooks equipados com o Windows e o Office, com direito ao uso do Office 365.

Office 365 na educação – Produtividade para escolas e alunos

O programa Office 365 Education libera o uso do Office 365 online para instituições de ensino, oferecendo acesso aos programas Word, Excel, PowerPoint e OneNote. Para que alunos, professores e corpo acadêmico recebam o benefício, a escola deve se cadastrar no site.

Parcerias da Microsoft com órgãos de governo e instituições de ensino os habilitam a instalar em seus desktops o Office ProPlus, pacote com características similares às do Office 365. A parceria com a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, por exemplo, disponibiliza a 4,3 milhões de alunos e 240 mil professores das escolas públicas acesso gratuito ao Office 365, hospedado na nuvem, incluindo os programas Word, Excel, PowerPoint, OneNote, Outlook e aplicativos.

empreender_2

YouthSpark – Recursos para o aprendizado e inclusão digital

Desde 2003, doamos pelo programa YouthSpark cerca de 239 milhões de reais para 1.956 entidades sem fins lucrativos no Brasil. No ano passado, o valor doado em dinheiro e licenças de software para ONGs somou 1 milhão de reais.

Há 19 anos a Microsoft apoia o Comitê para Democratização da Informática (CDI), que proporciona a jovens de 16 a 25 anos formação em tecnologia, cidadania e estímulo à atividade empreendedora. O apoio consiste em recursos financeiros, licença de software e, mais recentemente, capacitação de alunos por meio da Academia Virtual Microsoft.

Globalmente, a Microsoft anunciou em 2015 investimento de 75 milhões de dólares nos próximos três anos para ampliar o acesso ao ensino de ciências da computação no mundo. E a recém-fundada Microsoft Philanthropies doará 1 bilhão de dólares em serviços de nuvem, calculados pelo valor de mercado, para ONGs e pesquisadores acadêmicos nos próximos três anos.

DreamSpark – Apoio à educação técnica

O DreamSpark fornece gratuitamente a estudantes software Microsoft para fins de aprendizado, ensino e pesquisa. Para ter acesso ao benefício, basta se cadastrar no site do programa. Alunos de todas as regiões do Brasil podem usar tecnologias como Microsoft Azure para criar a própria página na web, gerenciar dados, produzir relatórios de performance e desenvolver software. Também estão disponíveis novas funcionalidades de ferramentas de desenvolvimento, como o SQL, o Visual Studio e o Xamarim, plataforma de criação de aplicações multiplataforma (iOS, Android e Windows).

empreender_3

Students to Business – Capacitação em TI para o mercado de trabalho

O programa Students to Business ou S2B oferece treinamentos gratuitos nas áreas de Desenvolvimento de Sistemas e de Infraestrutura de TI, direcionados ao mercado de trabalho, para alunos do ensino médio, técnico, superior e de pós-graduação. Por meio de parceria com as principais instituições de ensino do país, o S2B procura conectar novos profissionais e empresas com demanda de mão de obra qualificada. Em 2015, o S2B rodou em mais de 60 escolas, número recorde no país. Já foram capacitados mais de 100 mil estudantes no Brasil, com taxa de empregabilidade de 80% dos participantes.

Centros de Inovação Microsoft – Apoio tecnológico a estudantes e startups

Os 12 Microsoft Innovation Centers espalhados pelo país oferecem capacitação tecnológica para estudantes e startups, ampliando as suas oportunidades no mercado de trabalho e no empreendedorismo. Estão à disposição de clientes, parceiros e empreendedores para que possam testar e avaliar suas soluções em ambientes de inovação e alta tecnologia.

Imagine Cup – Incentivo à inovação e ao empreendedorismo

Conhecida como a Copa do Mundo da Computação, a Imagine Cup incentiva o empreendedorismo entre estudantes de todo o mundo. Em 13 edições, 1,8 milhão de estudantes participaram em 190 países, e o Brasil foi campeão de diferentes categorias em nove edições. São três categorias principais: Inovação, Games e Cidadania. A competição representa uma oportunidade para que jovens se engajem ainda mais no universo da tecnologia, aprendam a construir ideias criativas e desenvolvam novas habilidades. Como resultado, 60% dos projetos da Imagine Cup viraram startups pelo mundo.

Na edição de 2015, a equipe brasileira eFitFashion conquistou o prêmio máximo com desenvolvimento do projeto Clothes for me, plataforma online para venda de roupas personalizadas e feitas sob medida. Os estudantes da USP-SP ganharam o prêmio de 50 mil dólares, a mentoria do nosso CEO, Satya Nadella, e vão participar do programa mundial de aceleração de startups em Seattle, o Acelera Partners. Também recebem acesso gratuito à nuvem da Microsoft para hospedar e desenvolver sua solução pelo programa BizSpark.

empreender_4

BizSpark – Apoio às startups

O BizSpark proporciona acesso gratuito à plataforma de nuvem da Microsoft para hospedar ou desenvolver soluções. Contempla empresas na fase inicial, até os cinco anos de vida e faturamento anual de até um milhão de dólares. O programa oferece doação de software, treinamento e mentoria, garantia de suporte técnico, oportunidades de negócio e investimento de até 360 mil dólares na Microsoft Azure. Com investimento superior a 10 milhões de reais, em oito anos apoiamos mais de 5.500 mil startups no Brasil. Mais de 2.700 startups brasileiras recebem atualmente o mesmo benefício.

Para as startups em crescimento acelerado, a Microsoft oferece ainda o BizSpark Plus, disponibilizando um pacote adicional de acesso à nuvem de 120 mil dólares a 360 mil dólares por startup. O programa é aplicado também em parceria com dez aceleradoras e duas instituições (Associação Brasileira de Startups e o programa governamental Startup Brasil). Por meio das aceleradoras e parceiros, foram liberados no ano passado mais de 4 milhões de dólares em créditos de Azure para as 52 startups atendidas pelo programa.

No BizSpark, as novas empresas participam de encontros com investidores anjos para receber aportes financeiros. Por meio da iniciativa Angels2gether, realizada em parceria com a Anjos do Brasil, a Microsoft promove encontros com investidores que podem aportar até 600 mil reais nessas startups. Desde 2013, cerca de 40 startups foram conectadas com mais de 200 investidores anjos.

Spark Awards – Prêmio para startups e seu ecossistema

Considerado o principal prêmio para empreendedores digitais brasileiros na América Latina, o Spark Awards, realizado em parceria com a Associação Brasileira de Startups (ABS), reconhece os atores do ecossistema de startups que mais se destacam. Em 2015, venceu a Sympla, startup dedicada à organização de eventos e ingressos online. A premiação recebeu mais de 15 mil indicações em todas as categorias e mais de 50 mil votos.

Programas de aceleração e pós-aceleração de startups – Investimento para crescer

Criada em 2012 pela Microsoft Brasil para realizar investimentos estratégicos de fomento à inovação e ao empreendedorismo local, a holding Microsoft Participações apoia a expansão e/ou a internacionalização de empresas de base tecnológica com os programas de aceleração e pós-aceleração.

O Fundo Brasil Aceleradora de Startups, lançado em 2014 pela Microsoft Participações com parceiros estratégicos como a Qualcomm e a Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro (AgeRio), realiza investimentos que vão de 200 mil reais a 3 milhões de reais, e proporciona às jovens empresas mentoria em áreas estratégicas, apoio operacional e tecnológico e business networking.

A Microsoft Participações é parceira oficial da Acelera Partners, primeira empresa no Brasil a receber investimento do nosso Fundo e responsável pelo programa de pós-aceleração voltado para startups com faturamento recorrente de pelo menos 120 mil reais ao ano e estejam buscando impulsionar o seu crescimento. Apoiamos as empresas na preparação para participar de novas rodadas de investimento junto a fundos de capital de risco brasileiros e/ou internacionais e no desenvolvimento de planos de crescimento e de internacionalização.

A Acelera Partners investe na aceleradora Aceleratech, que incentiva empresas ainda sem faturamento, mas com grande potencial para se desenvolver. As empresas recebem capital semente, mentoria, infraestrutura e acesso a uma rede de investidores anjos. Startups conhecidas como a LoveMondays, a CicloCerto e a PetAnjo são exemplos concretos de empresas que receberam esse suporte.

Escola de Negócios – Capacitação de empreendedores

Em 2015, em parceria com a Escola de Negócios de Stanford, realizamos no Brasil, pela primeira vez, o curso Stanford Ignite para capacitar empreendedores sem formação em negócios. A cidade de São Paulo foi escolhida para sediar o curso por estar entre as 12 no ranking de empreendedorismo. Com o sucesso da iniciativa, haverá uma nova rodada do curso neste ano.