Imagine Cup: 4 dicas para apresentar o seu projeto

Share

Já inscreveu o seu projeto na Imagine Cup 2018? Você tem até o dia 10 de abril para submeter sua ideia. É fácil! É só gravar um vídeo de até 10 minutos contando sobre o seu projeto e escrever um texto com os detalhes. Lembre-se de mencionar no vídeo a história do projeto, o que há por trás da tecnologia e aspectos de negócio e mercado.

Acesse o site da Imagine Cup para saber os requisitos e finalizar a sua inscrição. Corra porque só restam cinco dias para acabar o prazo.

Após o encerramento das inscrições, nove finalistas da América Latina serão selecionados para apresentar seus projetos presencialmente em São Paulo. A hora de convencer a banca avaliadora pode ser um momento de nervos à flor da pele. Por isso, conversamos com Rodrigo Dias, gerente de Inovação da Microsoft e responsável pela Imagine Cup no Brasil, que compartilhou algumas dicas para criar uma apresentação matadora (no bom sentido, claro).

  • Qual problema o seu projeto resolve? Comece sua apresentação respondendo a essa pergunta. Os avaliadores precisam saber o que você está tentando solucionar com sua ideia, afinal, ser inovador não é ser apenas útil. #ficaadica
  • Por que o meu projeto é inovador? Essa é a questão básica da sua apresentação. Mostre os diferenciais do seu projeto do ponto de vista de inovação, no que ele se diferencia dos outros existentes no mercado.
  • Meu projeto tem viabilidade comercial? Entender o mercado no qual seu projeto está inserido é fundamental para seguir em frente com sua ideia. Nesse ponto, é preciso apresentar o modelo de monetização do seu negócio e uma breve análise do mercado, diferenciando o seu projeto dos demais.
  • Qual é a tecnologia envolvida no projeto? Essa parte é muito importante para os avaliadores, que vão querer saber tudo sobre a tecnologia usada no seu projeto, a arquitetura dele e como tudo funciona. Dica rápida: todo o seu projeto precisa usar o Azure, a nuvem da Microsoft. É bom deixar claro, então, que tipos de serviço na nuvem o seu projeto utiliza.

Outras dicas na hora de encarar a banca avaliadora:

  • Sabemos que é difícil, mas se manter calmo é essencial, o nervosismo só atrapalha.
  • Ter uma boa história: apresente o seu projeto como se fosse contar uma história, todo mundo quer ouvir uma boa história.
  • Sempre que possível, utilize os serviços disponíveis no site da Imagine Cup. São 25 serviços abertos para estudantes, entre eles: visão computacional, Inteligência Artificial, Machine Learning e Data Science.

A Imagine Cup é uma competição mundial de tecnologia que estimula alunos de ciência da computação a formar equipes e usar a criatividade, a paixão e o conhecimento de tecnologia para criar aplicativos que modelem a forma como eles vivem, trabalham e jogam.

Na América Latina, praticamente todos os países participam, e são esperados 200 projetos inscritos. “Estamos tratando dos futuros desenvolvedores e startups. A Microsoft acredita muito nessas novas empresas e formadores de opinião para que possam aproveitar os nossos serviços. Queremos ver a aplicação da tecnologia da Microsoft, seu potencial de inovação e os negócios do futuro”, afirma Rodrigo.

Todo esse esforço pode ser recompensado no final. Veja quais são as próximas etapas e os prêmios para o campeão mundial da Imagine Cup.

blog2018_2Depois de todo trabalho vem a recompensa

Os finalistas regionais têm a chance de vir a São Paulo* e expor o seu projeto para funcionários da Microsoft e convidados externos (investidores, jornalistas, especialistas da área), sempre com muita exposição do projeto na mídia.

Na final mundial, em Redmond*, o primeiro colocado recebe 80 mil dólares e mentoria de Satya Nadella, CEO da Microsoft. A semana da final é cheia de atividades, então, dependendo da participação, o prêmio do primeiro colocado pode chegar a 100 mil dólares. \o/

Boa sorte a todos vocês! <3

* Todos os custos de viagem para São Paulo e Redmond são cobertos pela Microsoft e válidos para três integrantes da equipe e um mentor.

Share