Pular para o conteúdo

“Procure uma passagem de avião para a Grécia, ida e volta”, alguém digita. Logo em seguida, uma série de opções de voos é apresentada na tela do computador. Na prática, é exatamente assim que um chatbot funciona. E, para você que acha que isso é muito Black Mirror ou distante da realidade, saiba que os chatbots, ou simplesmente bots, estão mais presentes em nossas vidas do que imagina.

Utilizando tecnologias como Inteligência Artificial e aprendizado de máquina, os chatbots estão aí para facilitar a vida de todas as pessoas, seja por meio do celular, aplicativos, sites ou redes sociais. Fábio Scopeta, líder de Inteligência Artificial da Microsoft América Latina, define o bot. “Essa tecnologia aparece como uma nova interface pela qual você conversa e interage com um computador em linguagem natural, por voz, texto ou imagem.”

Além dos chatbots, que se comunicam com o ser humano da forma mais simples possível para tirar uma dúvida, gerenciar seu calendário ou realizar uma transação, existem os socialbots. Essa categoria de bots tem o objetivo de apenas conversar com o usuário, trocar uma ideia. De maneira inteligente, usando a Inteligência Artificial e o aprendizado de máquina, os socialbots desenvolvem uma personalidade, aprendendo com as interações.

No mundo tudo, os chatbots têm conquistado cada vez mais adeptos. Na China, por exemplo, 100 milhões de usuários já interagiram com o bot Xiaoice. Enquanto isso, a Rinna já conversou com mais 31 milhões de pessoas no Japão, número que representa 25% da população. No Brasil, a Zo já foi acessada por mais de um milhão de usuários por meio do Facebook.

Para a Microsoft, a tecnologia bot é prioridade, uma vez que a inovação nessa área tem crescido significativamente, especialmente com avanços feitos em Inteligência Artificial, aprendizado de máquina e serviços cognitivos. “A receptividade do mercado em relação à nossa plataforma de bots, o Bot Framework, tem sido expressiva. Atualmente, 240 mil desenvolvedores estão criando bots com ela. Há um esforço grande para oferecer uma plataforma que seja adequada para a criação de bots”, diz Scopeta.

Agora, com a Maratona Bots, mais desenvolvedores poderão ampliar seus conhecimentos nessa área. A Maratona é um curso gratuito de capacitação online destinado a programadores que querem aprender como criar chatbots utilizando recursos de Inteligência Artificial. A duração é de quatro semanas, e o conteúdo é liberado semanalmente. Após o término das aulas, os participantes terão até o dia 26 de março para desenvolverem um bot atendendo aos critérios da organização do curso.

Disponível para toda a América Latina, a Maratona Bots tem o objetivo de democratizar a plataforma de Inteligência Artificial. “Alinhados à missão da Microsoft, encontramos uma maneira de cumprir nosso objetivo por meio da Maratona, que é gratuita e certificada. Por ser online, é possível fazer de qualquer lugar com conteúdo em português e espanhol”, conclui Scopeta.

A Maratona Bots já está rolando e você pode participar por meio deste link. Aproveite!

Últimos posts