Microsoft leva créditos em nuvem para startups do inovaBra habitat

Parceira tecnológica de longa data do Bradesco, a Microsoft participa do inovaBra habitat, espaço de coinovação lançado pelo banco no dia 7 de fevereiro, em São Paulo. O novo espaço é dedicado à geração de negócios de alto impacto baseados em tecnologias digitais disruptivas, como blockchain, big data e algoritmos, Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial, Open API e plataformas digitais. Busca também proporcionar o desenvolvimento de coinovação pela interação entre seus habitantes, de startups a corporações e investidores.

Tecnologias de ponta da Microsoft estarão à disposição das startups residentes, abrindo caminho para a criação e o desenvolvimento de projetos inovadores. As empresas iniciantes terão acesso a software, serviços e suporte técnico no Azure, a nuvem da Microsoft.

“A iniciativa do Bradesco representa um novo celeiro de inovação, de onde certamente surgirão novos modelos de negócio como fruto da aproximação entre grandes empresas e startups e estamos muito orgulhosos por sermos parceiros do projeto. A participação da Microsoft reforça nosso compromisso de estímulo ao empreendedorismo no Brasil, um dos alicerces para o desenvolvimento e o fortalecimento da competitividade do país. Acreditamos que, por meio deste espaço colaborativo, vamos avançar na criação e consolidação de projetos inovadores ao disponibilizar para uso das startups tecnologias de ponta em nossa plataforma de nuvem”, disse Paula Bellizia, presidente da Microsoft Brasil.

Situado no grande centro econômico de inovação e cultural de São Paulo, a região da Avenida Paulista – entre as ruas Angélica e Consolação –, o inovaBra habitat

oferece uma infraestrutura de serviços em 22 mil m² distribuídos em 10 andares, um auditório para 150 pessoas, sky lounge, sala para ideação, design thinking, espaço para criação de conteúdos (creators) e área de convivência com supermercado, farmácia, café premium e agência do banco. O espaço já conta com mais de 600 habitantes, entre eles startups, universidades, investidores, grandes corporações e principais parceiros tecnológicos do Bradesco, como a Microsoft.

“O que diferencia o inovaBra habitat de outros ambientes de coworking é o fato de ser um espaço de colaboração voltado para a inovação e com o apoio de curadoria especializada, que engloba a integração entre demanda, tecnologia e capital, para promover a inovação nos mais diversos segmentos. Uma oportunidade real para grandes empresas atuarem conjuntamente com startups já maduras em seus segmentos”, afirma Maurício Minas, vice-presidente do Bradesco.

Em paralelo ao habitat, o Bradesco inaugurou recentemente o inovaBra lab, laboratório colaborativo, cujo principal objetivo é acelerar o desenvolvimento de inovações do banco com parceiros de tecnologia, como a Microsoft. No espaço são realizadas experimentação, prototipação, provas de conceitos etc. “Ideias e soluções criadas no habitat que tenham potencial e sejam de interesse do core business do banco poderão, inclusive, ser desenvolvidas posteriormente no lab”, enfatiza Maurício Minas.

Foto do topo: (Crédito: Egberto Nogueira)